Tradutor

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Beijos de fogo


                                                           Vieste a mim
                                                           com fogo nos lábios
                                                           Foi assim que o desejei
                                                           e assim o tive...

                                                           Deixaste em mim uma brasa
                                                           a que mantenho acessa
                                                           no céu da minha boca
                                                           a espera de um milagre...

4 comentários:

  1. Que feliz estará o dedicado...rrss

    Também espero um milagre assim...

    Beijo do ZÉ

    ResponderExcluir
  2. Perequepê!!!
    Forte, quente, contundente, direto, profundo, carregado de sentidos, lindo, simplesmente lindo...
    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo Zé, quanto a ele, eu não sei, quanto a mim...somente alegria!
    Beijos e obrigada por vir.
    Neusa

    ResponderExcluir
  4. Olá poeta Jonathan, que alegria recebê-lo aqui.
    Beijos com meus agradecimentos.
    Neusa

    ResponderExcluir