Tradutor

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Lágrimas

                                          Hoje acordei tão triste
                                          que minhas lágrimas
                                          simplesmente caíam
                                          sem que eu as sentisse
                                          Sim, eu não as sentia
                                          estava inerte e pálida
                                          Lágrimas era o que eu tinha
                                          Lágrimas é o que eu sou
                                          Metade do mar
                                          foi o que chorei
                                          a outra metade
                                          é o que vou chorar
                                          Lágrimas que tanto quero
                                          Que venham todas
                                          quero mergulhar
                                          e depois morrer...

2 comentários:

  1. Expressaste tão bem as tuas emoções que dei comigo chorando e minhas lágrimas se juntaram às tuas!

    Beijo emocionado
    do teu Amigo ZÉ

    ResponderExcluir
  2. Olá Zé, obrigada pela presença constante.
    Beijos
    Neusa

    ResponderExcluir