Tradutor

sábado, 5 de março de 2011

Leve como uma pena


                                          Vieste a mim como uma pena
                                           e com fitas da cor do céu
                                           Eras tão leve
                                           que uma brisa te levou
                                           Restaram-me as fitas
                                           que não tem mais
                                           a mesma cor...

Nenhum comentário:

Postar um comentário