Tradutor

sábado, 2 de abril de 2011

Um anjo - Dedicatória

                                          É madrugada e um anjo
                                          me rouba o sono
                                          que chamo e  não vem
                                          Fecho os olhos 
                                          e espero a noite
                                          que entre suspiros
                                          nas suas asas
                                          pedirei ao sono 
                                          que me esqueça!

2 comentários:

  1. Amei o teu poema com uma sensibilidade muito TUA!

    Beijoo

    ResponderExcluir
  2. Um anjo que te chama também.....vem...vem....
    Tome desta aguá.


    beijo Fabio

    ResponderExcluir