Tradutor

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Gotas de luar



É chegada a noite
Meus olhos colhem estrelas
E vertem rios e rios
Em meus pés um oceano

A lua piedosamente chora
Ela sabe que ao amanhecer
Não serei mais que
Gotas de luar